Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Bola não é Quadrada!!

A Bola não é Quadrada!!

26
Fev19

O Jogo do Lage....

A Dona da Bola

o jogo do Lage.jpg

Tenho cá para mim que o Lage, impôs no Benfica, um jogo que se chama 0-0. Digo isto porque, independentemente, dos golos marcados os jogadores do Benfica procuram a bola com tal intensidade que parece que o resultado é sempre 0-0. Estou mesmo a imaginá-lo, quando o Rafa, Félix, Pizzi ou Seferovic correm de alegria pelo golo marcado, ele simplesmente lhes diz "nada, não se passou nada, vá volta tudo à forma inicial, está 0-0!". E lá vão eles de volta à carga! A única coisa que não sabem é quando este jogo acaba, para eles está sempre 0-0! E mesmo quando diminuem o ritmo, que isto de jogar de 3 em 3 dias não permite sempre a mesma velocidade, andam sempre a farejar a baliza adversária. E tanta chance desperdiçada não os  desanima! No fim tem a respetiva recompensa, um vitória robusta, tranquila e que nos deixa nos calcanhares do 1º classificado.

Demorou 19 minutos a resistência do Chaves, foi bom, até o primeiro remate à baliza é deles, mas pouco mais do que isso fizeram!E se o primeiro golo surge assim um pouco aos trambolhões, desde o centro em balão do Pizzi, passando pela receção fenomenal do Félix e acabando, após carambola nos defesas do Chaves, com o remate certeiro e à primeira do Rafa, já o segundo, terceiro e quarto são fruto de passes magistrais de Seferovic, Gabriel e João Félix, reafirmando que há muito trabalho no treino e que este exponencia o talento dos jogadores.

Estiveram em grande (para variar), Félix, Florentino, Rafa, Pizzi, Seferovic, Grimaldo e Gabriel. O Samaris não comprometeu num lugar que não é o seu e o Corchia também não esteve mal.O Rúben é o que se sabe e o Odysseas sempre que é chamado diz presente. Estreou-se o Jota, mas com apenas 10 minutos não foi possível ver muito, já o Jonas com 10 minutos fez um golo, porque quem sabe e anda cá há mais tempo, nunca esquece ou desperdiça!

Pronto, 64 golos marcados na Liga, 2º lugar a 1 ponto do 1º e Seferovic melhor marcador da competição (quem diria!!!).

Estão lançados os dados para o Clássico de sábado no Dragão! Jogo que será diferente com duas equipas extremamente competitivas e combativas! Esperamos um grande jogo de bola, sem casos ou picardias que ultrapassem o aceitável (tem que haver picardias, senão, não tem piada!) e no fim que ganhe o futebol ..... e já agora o Benfica!

Ontem a bola rolou, porque o jogo do Lage é do catano e a bola não é quadrada!!!

22
Fev19

SERVIÇOS MÍNIMOS GARANTIDOS

A Dona da Bola

SERVICOS MINIMOS GARANTIDOS-001 (2).jpg

Em épocas em que é preciso gerir o pessoal sem prejudicar o rendimento e a prossecução dos objetivos apelamos aos serviços mínimos garantidos! Ontem num jogo, em que a eliminatória estava mais ou menos ganha, em que os turcos, ao contrário do que seria de esperar, não se atiraram para cima do Benfica, vorazes e sequiosos de mudar o rumo dos acontecimentos, restava-nos controlar um jogo que tinha já o seu veredito final sentenciado há uma semana. E se a equipa não era só constituída pelas pequenas águias em formação, muitas delas figuraram no 11 inicial. Destaque para a dupla de meio-campo, em estreia no jogo de ontem, e que tão boa conta do recado deu. Enquanto o Florentino varre o Gedson empurra para a frente, e que gosto dá ver! Não admira que o homem do jogo fosse um desta dupla, o Florentino. Lá mais atrás, mais uma dupla que se formou no Seixal, Rúben e Ferro, e que bem jogou Ferro, depois do ato irrefletido no jogo anterior, subiu ao campo com confiança absoluta do que sabe e pode fazer, e não deixou os créditos por mãos (pés e cabeça) alheias. Lá à frente, a dupla que se transforma quase sempre em tripla, João Félix - Seferovic, ora com Cervi, ora com Pizzi e mais tarde com Rafa, não fez os estragos a que ultimamente nos habituamos. Não que não tenham criado as situações, mas faltou finalizar e matar de vez qualquer esperança, mesmo que ténue, da equipa turca. E mesmo como um golo mal anulado aos turcos, a eliminatória nunca esteve em causa.

Foi um jogo calmo, tranquilo, sem precalços ou calafrios, o primeiro da era Lage sem golos, bom para diminuir os níveis de adrenalina dos adeptos benfiquistas, que neste último mês atingiram valores capazes de provocar ataques cardíacos de tanta emoção e alegria!!

Agora é descansar, ver o que o sorteio nos reserva, recuperar a forma e a energia (sem recurso a qualquer elemento estranho, porque não o fazemos nem precisamos!!!)e na segunda-feira receber o Chaves, na nossa casa, com a mesma dinâmica com que recebemos o Nacional, pois já temos saudades!!!

Ontem a bola rolou na Catedral, porque a bola não é quadrada!

 

19
Fev19

MARCAR CEDO E CONTROLAR, DÁ CONFIANÇA E FAZ GANHAR!!!

A Dona da Bola

MARCAR CEDO E CONTROLAR, DÁ CONFIANÇA E FAZ GANH

Já diz o ditado "marcar cedo e controlar, dá confiança e faz ganhar!!!", bem não é bem assim o ditado mas penso que esta alteração calça que nem uma luva no jogo de ontem! Muito se escreveu, falou e vomitou, nalguns casos, sobre como seria a prestação do SLB no jogo de ontem. Desde aqueles que euforicamente só pensam em resultados de 5-0 para cima até aqueles que não querem ver que os resultados são fruto de trabalho e não um mero acaso, muitas teorias, táticas e constituições de equipa apareceram.

Bruno Lage, completamente imune ao que se diz e escreve, lá levou os 11 que achou serem os mais adequados à contenta! E mais uma vez o resultado deu-lhe razão! Três minutos volvidos, no primeiro remate do Seferovic (ontem foi à 1ª)e já a bola beijava as redes da baliza adversária.Aí estava o primeiro! Isto de marcar cedo, pode ser um pau de dois bicos, quem não se lembra do Moreirense, que após sofrer um golo madrugador não se vergou e apoiado na passividade do SLB acabou por virar o jogo e ganhar 3-1? Ou na eliminatória da Taça de Portugal com o Montalegre que após o golo o SLB desapareceu do jogo? Gerir os tempos de jogo, desacelarar sem perder o controlo, recuar no campo sem que com isso o adversário consiga superiorizar-se e sentir que pode virar o resultado, é uma das diferenças notórias do jogo de SLB de hoje. E mesmo jogando mais devagar, sem a vertigem de jogos anteriores, o resultado, sentimos nós nunca esteve em risco. Foi com naturalidade que o segundo golo chegou, num remate pronto e à primeira tentativa de Rafa!

O SLB é hoje uma máquina oleada, Samaris, quem diria que esteve encostado até há bem pouco tempo e Gabriel, ontem não tão exuberante mas sempre eficiente, fazem do meio campo do Benfica um porto seguro para quem atrás deles defende a fortaleza bem como para o trio da frente que num constante bailado faz a cabeça em água aos adversários! Esta dinâmica Pizzi-João Félix-Seferovic, ora vais tu para a ala ora agora vou eu, ora agora centras tu ora agora centro eu ou as constantes tabelas que nos deliciam e que só pecam por não darem golo, tem sido tão frutífera que o SLB tem já 60 golos em 22 jogos do campeonato!

A única nota negativa vai para a expulsão do Ferro que apesar do golo que marcou (que frieza na altura de rematar) provavelmente deslumbrado pelos seus belissímos jogos, borrou a pintura naquele lance. Que lhe sirva de lição.(e que sorte teve o Rúben não ter seguido o mesmo caminho, cabeça Rúben é preciso cabeça!)

Desafio do dia, Bruno que coelho (ou será mais uma águiazinha!) vais tirar tu da cartola para o eixo da defesa? Aguardo com expectativa.

Nota final, que tal fazer um upgrade, como aquele que se fez ao futebol, do SLB, aos comentadores desportivos que aparecem em diversos canais e que nada acrescentam ao futebol português, era bom não era!?

Ontem, na Vila das Aves, a bola rolou mais uma vez, porque a bola não é quadrada!!!

15
Fev19

Na Turquia sê.....CORAJOSO!!!

A Dona da Bola

NA TURQUIA SE CORAJOSO-001 (2).jpg

A coragem, ao contrário do que muitos pensam, não é a ausência de medo é sim a acção que temos perante o medo. É a nossa capacidade de agir apesar do medo, temor ou intimidação que possamos sentir. E quando pensamos que o medo nos impede de seguir em frente, ele alimenta-nos de uma força capaz de derrubar qualquer obstáculo que nos apareça. A diferença é que um corajoso não aparenta medo.

Confesso que quando vi a convocatória para Istambul pensei que o BL era louco, até porque de médico e de louco todos temos um pouco, mas é das tais coisas que, ou corre muito bem ou é o descalabro total, com implicações que ultrapassariam o jogo em causa. Vinhamos de um resultado louco, com uma exibição de excelência e porquê poder estragar tudo, com uma convocatória maioritariamente com miúdos do Seixal? Gestão de esforço, responde BL, ok, também é preciso, mas é a Liga Europa, aquela que considero que as equipas portuguesas podem almejar ganhar. É na Turquia, e os turcos, mesmo não sendo das melhores equipas a jogar futebol, tem boas equipas sempre impulsionadas pelos loucos adeptos que tornam a Telekom Arena num verdadeiro inferno para os adversários, qualquer que seja o resultado. A resposta é simples, o BL, é um homem corajoso! Coragem para enfrentar uma eliminatória europeia com os miúdos que bem conhece, num estádio que pode ser infernal e num país em que o Benfica o melhor resultado que conseguiu foi um empate (que já não era mau!). Vamos a eles miúdos, deve ter dito o BL no balneário! E eles foram! Foram como se fosse o vigésimo jogo europeu que faziam (bem se contarmos com a Youth League podemos andar perto!), com a convicção da qualidade que tem e com a vontade de mostrar que o BL não é louco, não, é apenas corajoso! Corajoso e sério no que faz, faz com qualidade, com trabalho, como ele diz "nesta equipa quem trabalha terá sempre uma oportunidade", e haverá melhor motivação?!

O jogo começa com o SLB por cima do adversário, personalizado, forte. Cedo quiseram dizer aos turcos que só eram miúdos no CC, que no jogo jogado tinham anos de experiência! Não era tão fluído como costuma ser, mas não estavam a passar vergonha nenhuma como alguns pensavam (e outros tantos desejavam!!). Meio campo cheio com a dupla Gedson e Florentino (e que Florentino, não passa nada pelo miúdo!) e lá na frente a dupla que continua a entender-se às mil maravilhas. Os turcos, que não são de se ficar ou virar as costas a uma boa batalha, após os primeiros 15 minutos, quiseram dizer presente, e em força tentaram tomar de assalto a área benfiquista. Houve alguns calafrios, alguns precalços, mas quando falhou o individual imperou o colectivo. E assim mesmo com os turcos por cima, o SLB, um pouco cínico, chega ao golo da vantagem. Saber sofrer também é uma arte, não é possível, estar sempre por cima, mas saber ser frio e impiedoso quando temos a oportunidade, mesmo estando em sofrimento, não é para todos. Passaram a primeira parte com distinção estes meninos! O início da 2ª parte começa com uma pressão mais acentuada dos turcos, acossados pelo facto de um bando de meninos estar a ganhar em sua casa, lançaram-se para cima deles na tentativa de mudar o rumo dos acontecimentos, e desta forma chegam ao golo do empate. E quando pensavamos que o Galatasaray se agigantaria e devoraria os meninos do Seixal, estes numa prova de que estão prontos para qualquer batalha, não se deixaram amedrontar e apoiados na ação de destruição de Florentino (e que Florentino, não passa nada pelo miúdo!!! acho que já disse isto, mas nunca é demais!) voltaram a controlar o jogo de tal forma que não estranhamos quando o golo do Seferovic, quem mais poderia ser, apareceu. Não estranhamos o golo, mas estranhamos o passe teleguiado do Rúben - andamos a treinar, Sr. Rúben! Pronto, golpe final dos meninos! E pensar que de fora estavam André Almeida, Pizzi, Grimaldo, Rafa, Jonas, Samaris e Gabriel (estes dois que ainda entraram!). Devem ter sentido um misto de satisfação e preocupação, não há lugares garantidos no SLB, seja qual for a competição e seja em que estádio for! Temos futuro no Seixal, temos o Rúben, o Ferro, o Yuri, o Gedson, o Félix, o Florentino fora os outros que ainda não tiveram oportunidade, mas estou convicta que quando a tiverem, provarão que o futuro passa pelo Seixal.

A sorte protege os audazes e o BL merece ser protegido! Tem coragem, é honesto e acima de tudo é sério, coisa rara no futebol. Se há um mês atrás andavamos preocupados por não ter um nome sonante ao leme da nossa equipa, hoje estamos muito pouco preocupados com o nome mas deliciados com o que se fez em tão pouco tempo!

O desafio da praxe vai hoje para o Luís Filipe Vieira, que farás tu no final da temporada, ainda procuras treinador? Queres mesmo um Benfica Europeu, alimentado pelo Seixal? Se queres (e eu acredito que sim) como vais resistir ao assédio que se avizinha aos nossos meninos? Já tens plano para isso?

Ontem em terras turcas a bola rolou, e continua a rolar muito bem, porque a bola não é quadrada!

11
Fev19

A primeira vez!!!

A Dona da Bola

numero 1.jpg

Normalmente associamos o número 1 a coisas boas! O primeiro da fila, o primeiro da lista, o primeiro a chegar! Ou noutra escala,  o primeiro amor, o primeiro beijo, o primeiro filho....tantas coisas fantásticas que o número 1 pode representar (e só vamos falar das coisas boas que somos optimistas por natureza). Normalmente, as primeiras experiências, representadas pelo número 1 deixam em nós uma marca que nos acompanha pela vida fora, e quando já mais velhos, contarmos as nossas histórias, haverá sempre uma que começa "a primeira vez que ....".

A minha primeira vez foi ontem, sim, a primeira vez que vi uma goleada de 10 zero!!! 10 a zero!!! E tudo começou no 1º minuto (lá está o 1 outra vez!!!) Ainda não tinha eu recuperado o meu fôlego dos mais de 100 degraus que tenho de subir para o meu lugar, e já tinha que arranjar mais um pouco de ar na minha caixa, para dar o 1º pulo de alegria da tarde! O pequeno Grimaldo já fazia das dele! Mais duas tentativas, anuladas pelo fora de jogo, e o Seferovic, persistente como sempre, acabaria por elevar a contagem até aos 3! Lá atrás nada se passava, o Odysseas simplesmente aplaudia o que de bom, lá à frente, se fazia. Rapidamente estavamos no intervalo! Boa, agora sim podíamos recuperar o fôlego! Nem sequer me atrevi a descer a escadaria, não, que isto custa subir e não sei o que a 2ª parte me reserva, precisava de guardar as forças!

Descansados para a 2ª parte, o resultado assim o perimitia, iniciamos a mesma sem saber o terramoto, em escala 10, que nos esperava! Só foram precisos 5 minutos, o Félix, esse que só tem 19 anos, aproveita da melhor maneira um cruzamento, e num salto de peixe faz o seu golo, como sempre, tem sempre um para marcar. E quando depois do penalti convertido por Pizzi, o homem do jogo pelo que jogou e fez jogar, eu comento para o lado "agora era um golinho do Ferro para o miúdo ganhar confiança" ele me faz a vontade e com uma cabeçada que mais parecia um pontapé, eleva o resultado para 6-0, pensei, está fechado, o Bruno vai rodar a equipa e vamos satisfeitos com estes 6 golos!!! Estava tão enganada, o melhor ainda estava para vir! Não que o Bruno não rodasse a equipa, entrou o Florentino, o Krovinovic e o Jonas, o problema é que os que entraram vinham com o mesmo chip dos que saíram, armas carregadas e vamos a eles!! E assim foi, do Rúben ao Jonas foram mais 4 golos! E se o golo do Rafa era esperado dadas as diversas tentativas que ele teve, ajudado pela equipa que viu que ele queria o golo (e que o merecia)  que o construiu e o ofereceu, os dois do pistolas vem provar que quem sabe nunca esquece! E quando, por razões estranhas, o adversário consegue fazer um remate à baliza (só foi 1, outra vez este número!!) o Odysseas, não querendo ficar atrás do resto da equipa, faz uma daquelas defesas que fica ótima numa foto! Mas que bela tarde na Catedral!!! 10 tiros certeiros, num jogo sem pausas para descansar, com pé a fundo e sem misericórdia dos adversários! Quem viu o jogo de ontem tem dificuldades em acreditar que estamos a falar da mesma equipa que perdeu em Portimão, com dois autogolos, ou que eliminou o Montalegre com um mísero 1-0!

Ontem estreou-se mais um menino, de seu nome Florentino, fez 3 cortes magistrais, um deles dentro da área, sendo ele mais uma prova de que aquilo que se faz no Seixal é sério e é para "alimentar" a equipa A (e que bem alimentados estamos!!). 

Estavamos meio abananados, nem conseguíamos sair dos nossos lugares, tal a avalanche ocorrida. Se nós, benfiquistas, estavamos assim, não consigo imaginar o que sentiriam os jogadores e equipa técnica do Nacional, porque nós provocamos a avalanche, eles não, foram soterrados por ela sem saber como e quando conseguirão sair. Imperou o espiríto do fair-play, desde o consolo dos nossos jogadores às palavras humildes e sinceras do nosso treinador (oh homem, tens a certeza que és deste planeta!). É levantar a cabeça e provar que este jogo foi apenas um precalço, Nacional!!!.

Se o resultado nos espantou por parecer o de um jogo de futsal ou hóquei, mais espantados ficamos quando na lista de marcadores vemos 5, sim 5, jogadores portugueses, dos centrais aos ataquantes passando pelo meio-campo, todos fizeram o gosto ao pé ou à cabeça! Ontem na equipa do SLB jogaram 7 portugueses e ainda havia mais um no banco. 

Há umas semanas atrás colocava um desafio ao Bruno Lage, saber o que fazer quando o Pistolas estivesse operacional, ele ontem respondeu categoricamente, só podem jogar 11 de cada vez, mas esses 11 jogam sempre da mesma maneira, independentemente dos nomes nas camisolas! A minha vénia por isso! Mas não podia deixar de lançar novo desafio, fazer descer à terra estes jogadores, porque neste momento eles estão fora do planeta, assentar seus pés na terra e fazer um jogo magnífico na quinta-feira, na Turquia, aceitas Bruno?!?!

1, um ponto é o que nos separa do 1º da lista, esse lugar que é o mais desejado por todos! Já foram 7 é verdade, mas tenho a certeza que este ponto será o mais difícil de alcançar apesar de ser só 1! A grande vantagem é que está ao alcance e só depende de nós!

Um nota final para o número 1 que mais me custou ontem, o minuto de silêncio que se fez em honra dos pequenos grandes craques que morreram no Flamengo, esse minuto que apesar de ser só um, dispensava bem de fazer! Descansem em paz!

Ontem os astros alinharam-se no ninho da águia, 10 golos ao dia 10, no aniversário do pequeno génio, que jogava com o nº 10, sendo o 10º golo, marcado pelo camisola 10! Parabéns Chalana!

E assim, ontem, a bola rolou, e que bem rolou ela, porque afinal a bola não é quadrada!

 

 

 

07
Fev19

Super Wings, oh, oh!!!

A Dona da Bola

SUPER WINGS.jpg

Quem tem filhos pequenos com certeza que já teve de ver e rever episódios do Super Wings. Um pequeno avião que entrega encomendas em qualquer parte do mundo. Por si só, estes desenhos animados não teriam qualquer graça, mas aquando de uma entrega, o pequeno Jett (assim se chama a estrela desta série) depara-se sempre com um obstáculo, que sozinho não consegue ultrapassar. No entanto por mais difícil que seja a dificuldade, o pequeno Jett arranja sempre maneira de o resolver. Liga ao posto de comando que num ápice lhe envia o resto da equipa e juntos conseguem resolver todo e qualquer problema. Assim foi explicado pelo posto de comando o recente sucesso do SLB! E toda a gente entendeu....até o Marcel!

Ontem, o Leão, ferido no orgulho, percebeu o que o Bruno lhe explicou, lambeu as suas feridas e apresentou-se na Catedral com um novo vigor, uma nova forma de estar e encarar o jogo. Correu melhor, não o suficiente para ganhar, mas melhor que há 3 dias quando foi trucidado!

Os jogadores do SLB também não se iludiram com o jogo de domingo, sabiam que ontem seria diferente, até porque não há dois jogos iguais. As suas principais figuras foram mais apertadas, marcadas de forma mais agressiva (mas sem necessidade de nenhum pisão, como alguém sugeriu, shame on you, sr. Andrade!!!), com pouco espaço para respirar ou pensar. Neste tipo de jogo, as oportunidades que surgem devem ser aproveitadas dada a sua raridade, e se na primeira o Seferovic não aproveitou, com mérito para Renan, à segunda Gabriel não se fez de rogado e fuzilou a baliza deixando o pobre Renan prostrado na sua área. Cedo declarou a águia que apesar de o jogo não ser o mesmo, o resultado teria que o ser.

O nosso pequeno Jett ontem, teve muitas mais dificuldades, mas outra coisa não seria de esperar. Hoje já todos sabem do que é capaz, pelo que ele terá que aprender a libertar-se de toda esta nova atenção que os adversários lhe prestam. Mas para isso, estão cá também o Donnie, o Jerome, o Sammy, o Ron, o Paul, o resto da equipa para o ajudar. Houve muito mais batalha a meio campo, mais intensidade, mais trabalho. Lá à frente sem tanto espaço o jogo foi mais de movimentação sem bola, sempre na tentativa de encontrar uma nesga que pudesse significar um ataque mais perigoso! Não foi fácil!

O jogo foi menos vertiginoso, menos estonteante, menos elástico, enfim menos bonito! Mas era apenas a 1ª mão de uma eliminatória que só se decidirá em Abril e não podia nenhuma das duas equipas queimar as suas possibilidades logo no 1º jogo.

O Leão conseguiu ainda marcar um golo, importante, não só porque deixa a eliminatória em aberto mas também porque em termos anímicos é vital! 

Este golo surge já no fim do jogo quando se nota que os jogadores do SLB estão fatigados, o peso das últimas semanas de jogos ficou latente na falta cometida sobre o Bruno Fernandes, já não recuperavam com tanta facilidade, chegavam tarde aos lances e na impossibilidade de cortar a bola há que fazer a falta. E desenganou-se quem pensava ser muito longe para ser direto à baliza, para o BF não há distância impeditiva da tentavia direta. E assim, foi, e que golo foi, marcado pelo melhor jogador do Sporting, na minha opinião.

Não acho que o resultado tenha sido justo, a vitória sim, mas os números são enganadores. Não foi o atropelo de domingo, mas foi o suficiente para a diferença ser de 2 golos. Em Abril, voltaremos à selva para defender a nossa presença no Jamor !

Ontem a bola rolou (mais devagar é certo, mas rolou) porque a bola não é quadrada!!!!

04
Fev19

O REI DA SELVA!

A Dona da Bola

6253496_jCNZu.jpeg

Desde pequenos que nos dizem que o Leão é o Rei da Selva! Dizem-nos os livros, os filmes, o National Geographic, as peças de teatro, enfim andam-nos a enganar desde pequenos!!!

Sabiam que Leão descansa e dorme a maior parte do dia e que são as leoas que caçam e tratam dos pequenotes enquanto eles dormem estendidos na savana?!? Que são excelentes na aceleração  mas que tem pouco vigor?!?! 

Por outro lado, a Águia, é o símbolo da excelência, força, grandeza e majestade, exemplo de vida e superação, 

Ah bom, isto explica muita coisa.....

Marcar um jogo para 17:30 entre leões e águias, não poderia dar certo para o lado do Rei, a essa hora ainda não acordou ele da sesta. Por outro lado a essa hora ele está cheio de fome e apesar de conseguir acelerar direto ao adversário o seu vigor impede-o de manter esse nível por muito tempo! Ainda por cima as leoas ainda não vieram com o lanche....

Que belo final de tarde, ontem, na selva de Alvalade! 

O apelidado Campeão de Inverno, pensava que os créditos da Taça da Liga chegariam para o resto da sua caminhada. Já dizia alguém "Rendimentos passados não são garantia de rendimentos futuros" (acho que esta frase se usava quando se vendiam fundos ou ações em bolsa!!!). Não, sr. Rei da Selva, é preciso muito mais!

A Águia, essa ave de rapina, astuta e atenta, tem feito o seu percurso de superação, comandada dentro e fora do relvado por dois jovens, nesta coisa do futebol de 1ª Liga.

Se o rendimento de Pizzi, Seferovic - que não sabe porque o chamam de Esferovite em Portugal, eu explico, o esferovite tem como característica a sua fácil flexibilidade sob a ação do calor, percebes, se há jogador que no calor dos jogos se tem tornado bastante flexível és tu!!!E que jogos tens feito, rapaz!! - Gabriel - que continua a levar a régua e o esquadro para todos os jogos - ou Samaris, não nos surpreende porque sabemos do que são capazes quando concentrados, o do jovem Félix tem sido uma surpresa! Só tem 19 anos, diz o CC do rapaz, mas quem o vê pensa que já tem uma bagagem de 1ª liga daquelas bem pesada! Que não se perca ...E mesmo quando lhe anulam um golo (um sr golo, diga-se, bem anulado diga-se também, e fosse sempre assim o VAR!!!), o rapaz não desiste, e quando faz o 2º ainda aguarda pelo veredito do homem do ecrã, mesmo sabendo que tudo era legal, não vá o diabo tecê-las.

E quando no início da 2ª parte, desfere a Águia o seu golpe de misericórdia, através de uma cabeçada magistral do Rúben, a selva de Alvalade tinha um novo Rei!! O Leão moribundo, mas sempre majestoso não desiste, verdade seja dita, mas podiam muito bem ter levado mais umas unhadas das garras bem afiadas da Águia! Foram só 4 mas podiam ter sido 5,6,7....

Hoje no SLB há golos de bola parada, antes não havia...

Hoje no SLB há pressão logo ali no meio campo do nosso adversário, antes não havia....

Hoje no SLB com 2 atacantes há jogo de ataque, antes não havia (mesmo com 3 jogadores)....

Hoje no SLB há 2ªs bolas de ataque, antes não havia....

Hoje no SLB constroi-se o ataque bem lá à frente, antes a bola rolava no quarteto defensivo sem qualquer tipo de progressão....

Hoje no SLB temos quem entenda o jogo e os jogadores...

Não é tudo bom, não, os dois golos sofridos surgem muito do relaxe que ainda existe quando estamos com vantagem, mas isso com tempo também desaparecerá!

Ontem a Selva de Alvalade teve a visita ilustre de um Rei do Futebol, o Cristiano Ronaldo, com certeza para avaliar com os seus próprios olhos o que de bem se tem feito na Academia....do Seixal!!! Saiu maravilhado com certeza....

Ontem a Selva elegeu um novo Rei, aquele que melhor fez a bola rolar, porque a bola não é quadrada!!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D