Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Bola não é Quadrada!!

A Bola não é Quadrada!!

05
Ago19

O AFINADOR DE PIANOS E OS SUSPEITOS DO COSTUME

A Dona da Bola

SUPERTAÇA.jpg

Domingo 4 de agosto início da nova temporada.... nós, os malucos da bola, aguardamos sempre impacientemente por este dia.

Primeiro jogo, primeiro troféu em disputa, duas equipas, novas caras, outras nem por isso, estádio cheio, bom tempo, tudo se conjugava para uma grande noite de futebol... e foi....se foi....

Temos que admitir que os primeiros minutos de jogo e as primeiras oportunidades de golo foram do Sporting e não fosse o The Rock Odysseas e podíamos estar a perder por 2 zero aos 30 minutos! É verdade, mas numa equipa de 11 jogadores em que um deles tem como única função não sofrer golos, convém que este cumpra exemplarmente a sua missão, e o The Rock assim o fez, esteve intransponível até, e principalmente, para o BF!

Depois desta vontade leonina de estar por cima do jogo chegou a hora do SLB acalmar a coisa e mostrar que queria ganhar o troféu. Nestas horas esperamos sempre que os novos, aqueles que chegaram agora, nos provem que quem os trouxe teve razão, e que a nossa equipa com eles ficou muito melhor, ainda mais importante para nós benfiquistas esta questão se punha, quando ficamos sem Jonas e João Félix, duas das estrelas maiores da Reconquista. Mas desengane-se, quem pensava que seriam precisas novas estrelas na constelação Benfiquista. Não, foram os suspeitos do costume a fabricar o primeiro de uma mão cheia de golos. Com o azimute calibrado, Pizzi, coloca a bola milimetricamente no pé do Rafa, que mesmo tendo ali ao lado o RDT, jogador mais que credenciado quanto aos golos, não parou para pensar e de primeira (sim de primeira, como está diferente o Rafélix!!!) colocou a bola no fundo das redes verdes e brancas! Pronto, primeira explosão de alegria....

Foi um rude golpe para os sportinguistas, que estavam por cima, mas o futebol é mesmo assim (como disse o outro).

Intervalo em vantagem é sempre bom, mas 1-0 é sempre curto e portanto a segunda parte tornava-se ainda mais aliciante! A melhor maneira de se defender uma magra vantagem é engordá-la, e assim se fez, mais uma vez os suspeitos do costume, mas agora invertidos e com a colaboração precisosa do Mathieu (tentar sair com a bola controlada já não é fácil quando tens o adversário em cima de ti, agora ainda tentar fazer coxinhas ao Rafa, aí é demais...). E aí o controlo emocional dos de verde foi perdido para sempre (como disse o outro). Grimaldo que não gosta de ficar para trás no que ao protagonismo diz respeito, cobra de forma exímia um livre e coloca o marcador em 3-0. Pronto, agora podíamos curtir o jogo, livres do nervosismo de um resultado que não era traqnuilizador, podíamos nos refastelar a ver o que sobrava do jogo. Pensava, ingenuamente, que refriaríamos a pressão, que baixaríamos o ritmo, e que os 25 minutos que restavam seriam um passeio tranquilo até aos 90 minutos. Mas isso era antes, antes do Afinador de Pianos chegar, com ele não há cá resultados feitos, não, a pressão é para se fazer durante o jogo todo, do Ody ao Sefe, não há cá recuos, não com ele é sempre com a potência máxima, é até o piano não ter ponta de desafino! E assim se chegou ao 4º numa receção orientada primorosa do Pizzi (oh pá, quando tu estás a 100% és uma máquina!!!) e ao 5º numa insistência do Sefe (que nunca desiste mesmo que tenha feito  124655895861 remates e não tenha entrado nenhum!) permitindo ao Chiquinho o seu primeiro golo oficial no SLB!!!

Que barrigada! 5 golos, um troféu, uma boa exibição e uma convicção de que quando o Afinador de Pianos tiver a máquina no ponto, teremos uma equipa difícil de bater e que lutará em todas as batalhas que aí vem até à última gota de suor (e de sangue se for preciso).

Não posso deixar de dar uma palavra ao Gabriel, que Pensador que está, com visão e uma precisão de passe de longa distância impressionante, ao nosso Polvo Tino, que está em todo lado a toda a hora, aos Muros Rubén e Ferro que apesar daquela entrada meia desorientada, se alinharam e tornaram a muralha quase intransponível, ao Nuno Tavares, que apesar de não ser sua a posição onde jogou fez uma boa partida (do outro lado do campo seria excecional, não tenho dúvidas) ao Sefe que nunca desiste e ao RDT que mostrou já um bocadinho do craque que é! E aos que ainda não fizeram o gosto ao pé ontem, estou desejosa de escrever umas linhas sobre as vossas qualidades também, confiem no Afinador de Pianos que quando for hora certa ele vos dará a oportunidade que merecem.

Ah que bela forma de começar a época, ontem a bola rolou no calor do Algarve, rolou e rolou porque a bola não é quadrada!

Até sábado na Catedral....

 

 

 

04
Jul19

M.A.C.I

A Dona da Bola

M.A.C.I..jpg

Acabadas as férias, as dos jogadores da bola entenda-se, o resto do povo aguarda pacientemente pelo "lindo mês de Agosto", é agora hora de regressar aos clubes, ou não, e voltar a dar ao fisico.

Entre bronzeados e mais alguns kilos, os jogadores lá se apresentam à sua entidade patronal para mais uma época de glória (para alguns pelo menos!!!).

Caras novas, caras menos novas, caras habituais e ausência de caras assim são os primeiros dias da nova época!

Falando em ausências, a mais sentida, para nós benfiquistas é a do nosso Félix que a troco de uns míseros 126.000.000 €, lá voou em direção a Madrid! Entre verdadeiros ataques de azia e raiva o negócio fez-se e os milhões vem mesmo para os cofres da Luz (tenho me deliciado com o que já li de adeptos de outros clubes sobre o negócio, desde a falência do Atlético de Madrid, até ao endividamento do SLB para vender o Félix, tem sido uma barrigada de riso!!!).

Mas falando do negócio propriamente dito, financeiramente é fabulástico, assim como o talento do Félix, para o clube apesar de neste momento não estar a precisar de tanta liquidez. Para o menino, financeiramente, é um sonho, que paga todos os sacrifícios que foram feitos pela família de Viseu.

Desportivamente, só é bom para o Atlético de Madrid, que ganha um craque ainda com margem de progressão. Para o Félix, espero que também o seja, embora seja difícil de prever, porque estas coisas não dependem só do talento. Para o SLB nem por isso, apenas 5 meses de Félix, deram para ganhar o campeonato, mas ficou a sensação de que podia ser muito mais. E bem que o clube merecia...

A venda do passe do Félix, faz-me lembrar os bolos de caneca que em 5 minutos estão prontos e em 5 minutos são devorados, ficando no final a sensação de que merecíamos mais.Estes talentos deviam ficar mais tempo no clube, deixá-los virarem ídolos dos adeptos, pelos feitos quer a nível nacional quer a nível internacional. Devíamos poder "explorá-los" mais, "sacar" todo potencial, ficarmos espantados de jogo para jogo, época para época com toda a evolução e com todo o talento! Não queremos bolos de caneca, queremos bolos que levam horas a fazer, que tem que levedar e cozer lentamente no forno, assim como o Christmas Cake que a minha mão faz, 2 ou 3 meses antes do Natal, que é regado todas as semanas e que quando é degustado tem todo o sabor que um bolo pode ter, que se sente que foi feito com tempo, retirando de todos os ingredientes o seu melhor, e que não se consegue comer todo de uma vez, são precisas muitas garfadas! E no final, a sensação de que todo o tempo investido e de espera valeu a pena!

Não queremos craques instantaneos, queremos craques que se afirmem em casa, numa ou duas ou três épocas, e depois sim possam voar para outras paragens, pois Portugal é muito pequeno para tais talentos.

Vou criar o movimento - M.A.C.I - Movimento Anti Craques Instantaneos - para que estes nossos diamantes possam ser explorados por quem os descobriu, formou e deu oportunidade de mostrarem o seu talento ao mundo, e só depois disso, possamos "ceder" - a troco de uns milhoezitos, claro - ao resto do mundo.

Uma palavra ao LFV, que tem feito o trabalho de casa, no que diz respeito às nossas pérolas, tem renovado com todos e subido as cláusulas para muitos milhões, o meu aplauso pelo trabalho.

Cadiz, Chiquinho e De Tomás, espero escrever coisas maravilhosas sobre o vosso talento esta época, mas só depois de ver o vosso desempenho com o manto sagrado vestido, até lá a melhor sorte.

Lage, a única coisa que posso desejar é que continues com a lucidez, sabedoria e discernimento que te acompanharam a época passada, se assim for seremos mais uma vez felizes (ansiosa por saber como será uma época inteira aos comandos deste senhor!).

A bola ainda não rolou, mas está quase, quase...porque a bola não é quadrada!

 

 

 

 

 

06
Jun19

São Ronaldo!!!

A Dona da Bola

SÃO RONALDO_page-0001.jpg

Santos da casa não fazem milagres, lá diz o ditado, mas nós em Portugal, temos um "santo" que sempre que precisamos dele, mesmo em casa, ele tira da sua cartola um milagrezito para alegria do povo, o São Ronaldo ou o São Cristiano ou o São Cristiano Ronaldo (abençoada D. Dolores!!!).

Ontem foi dia de Seleção, e já tínhamos saudades, meia final de uma nova competição e ainda por cima disputada em Portugal, prato cheio para os amantes de bola! Passados os campeonatos, com alegrias para uns e desilusões e azias para outros, estava na hora de nos juntarmos em torno de um objetivo comum, apoiar a nossa Seleção! Pasmam-se aqueles que assim pensam, porque continuam a existir pessoas para quem a seleção só faz sentido se jogarem certos jogadores, mesmo que isso signifique deixar craques de fora!!! Enfim, gente pequena....mais pequena que o país....mas adiante!

Vivemos tempos de fartura na seleção, talento, muito talento, qualidade, muita qualidade e quantidade, muita quantidade, para cada posição conseguimos ter no mínimo 2 jogadores de altíssimo gabarito (há posições em que há 4!!!). Precisamos de alguém que tenha mão e arte para conjugar isto tudo, tarefa difícil, mas que um determinado engenheiro seria capaz de o fazer, ou não fosse ele o Campeão da Europa com muito menos matéria prima. Puro engano, o jogo de ontem, foi tudo menos um hino ao futebol, pensavamos nós que com Rúben Neves, Bernardo, Bruno Fernandes, Félix e Ronaldo, assistiríamos a uma avalanche de bom futebol, como eles o são capaz de fazer, mas fomos enganados.

Para quem gosta e percebe de futebol, sabe que este jogo, mais do que bons executantes com os pés, é um jogo de estratégia, posicionamento, e ontem as nossas pérolas estiveram todas (ou quase todas) a jogar em posições em que não puderam fazer o que melhor sabem....dar show de bola!!

Do outro lado, uma Suiça bem organizada e posicionada, com bom fio de jogo e interligação, e pragmática, quando atacava atacava sempre com perigo. Muito boa seleção, essencialmente, uma boa equipa, sim porque o futebol é um jogo de equipa, peças soltas não ganham jogos (vá lá, às vezes ganham!!).

Do nosso lado, os minutos passavam, e as nossas estrelas não conseguiam traduzir no jogo o seu valor! Fez-me lembrar uns jogos aqui há uns meses de um determinado clube com um determinado treinador, e pôs-me a desejar que alguém sussurasse ao engenheiro para ele ir dar uma espreitadela à transformação do nível de jogo dessa mesma equipa, apenas com o acerto no po-si-cio-na-mento, apenas isso, a qualidade estava toda lá, como está na seleção!

Lá apareceu o São Ronaldo, esse que não tem posicionamento que lhe caiba, e resolveu a contenda, 3 golos, soberbos, que deitaram por terra a experança dos helvéticos e puseram mais uma vez os portugueses a sonhar com um título!Mas podíamos, devíamos e conseguíamos fazer muito melhor!!

Não posso deixar de dar uma palavra ao William Carvalho, sim a ele, de quem sou tão crítica, pela sua lentidão, ontem esteve fenomenal, não passou nada por ele, e tivesse ele um pouquinho de mais velocidade, e tinha sido ele o nosso santo de serviço!

Aos jornaleiros (jornaleiros sim, de jornalistas não tem nada!) que esfregaram as mãos pela exibição menos boa do menino de ouro, podem tirar o cavalinho da chuva, porque os que entendem de futebol e não de bola, perceberam e continuam a perceber qual o valor do menino (não desvalorizou nem um cêntimo!). E no final ainda foi capaz de se sentir orgulhoso por ter jogado na equipa juntamente com Ronaldo, que fez um hat-trick, calando assim, mais uma vez, os seus haters, e sendo um exemplo para ele seguir (que bom exemplo escolheu ele!!).

Domingo estaremos outra vez, impelidos pelo sonho, a apoiar a nossa Seleção.

Ontem, lá no Porto, a bola rolou, empurrada pelo São Ronaldo, porque a bola não é quadrada!!

 

 

 

 

 

 

20
Mai19

A tão desejada Reconquista!!!

A Dona da Bola

A Reconquista.jpg

Há três jogos que não escrevo...não consegui....depois do jogo em Braga invadiu-me uma certeza de que o 37 seria uma realidade! Mas não fosse o diabo tecê-las e a minha convicção funcionar como que uma maldição e a equipa voltar a jogar mau futebol, oferecer golos aos adversários e perder jogos, não escrevi o que me ia na alma nestas últimas semanas! E apesar dos 5-1 ao Portimonense e a vitória suada em Vila do Conde, premeditarem a Reconquista, refreei a minha vontade de gritar o 37 já cá canta!

Guardei-me até hoje, depois de assistir ao jogo final na Catedral, depois de festejar o golo 100, depois de exultar o 37, depois do Marquês...depois de tudo confirmado e reconfirmado!!!

Voltando ao último jogo de sábado, o nervoso miudinho apoderou-se de mim logo pela manhã! Embora convicta de que a coisa se ia dar, é impossível calar o diabinho que se instala na nossa mente e que sussurra "ainda não está ganho e se o Santa Clara ganha?!?!". Fui mais forte que ele e dirigi-me à Luz carregada da força que nos fez chegar até aqui e esperei ansiosamente pelo início do jogo. A espera demorou 16 minutos, o Sefe, que nunca me enganou, apesar de às vezes passar ao lado do jogo, inaugura o marcador num passe magistral do Samaris! A primeira explosão de alegria e alívio soltou-se ao minuto 16! E porque os 64.064 adeptos presentes na Catedral mereciam um jogo calmo e tranquilo, o segundo e o terceiro foram ainda marcados na 1ª parte. Os suspeitos do costume não deixaram os créditos por mãos alheias, Félix e Rafa deixaram a Reconquista a uns escassos 45 minutos! A segunda parte foi tranquila e embalada pela festa que já se fazia nas bancadas, o 4º golo, o bis de Sefe, para quem ainda tinha dúvidas de que era dele a Bola de Prata, deixou espaço para que se pudesse apreciar o espectáculo nas bancadas! Cânticos, holas, saltos e aplausos para quem era substituído e para quem entrava! Jonas em lágrimas e as defesas que ainda Ody fez para que não se questionasse o seu valor, tudo culminou no apito final que tornava a Reconquista uma realidade!

E se no intervalo a lágrima se soltou a ver as nossas meninas com a Taça de Portugal, o apito final soltou o grito da revolta que todos tinhamos guardado.

Este foi um dos campeonatos mais duros de sempre para o Glorioso. Embora para alguns ele se resuma aos jogos a partir da 30ª Jornada, para nós começou com uma verdadeira travessia no deserto  que terminou com um quarto lugar a 7 pontos do líder. A primeira volta trouxe-nos enormes amargos de boca que nem a vitória ao FCP e Braga conseguiram diluir. Perder com o Belenenses, com o Moreirense e Portimonense, foram facadas que deixaram marcas na nossa crença.

Só um homem, penso eu, acreditou que era possível, porque também só ele sabia do valor que havia no Seixal. Isso aliado ao que já havia na equipa A e que era subvalorizado, eram a receita para a remontada que se seguiu. Mas só ele acreditou, só ele conseguiu que os jogadores acreditassem e só ele conseguiu que eles jogassem de forma a que também nós, adeptos acreditassemos. E nem uma 2ª volta recheada de jogos em campos difícieis (nunca vi azar tão grande num sorteio que nos pôs a jogar na 2ª volta em todos os campos dificeis .....mas espera estamos a falar daquele sorteio que teve que ser repetido....hhhmmmmm....sei!!!) abalou a convicção de que jogo a jogo seria possível. E quando, chegados ao Dragão apenas um ponto nos separava do lugar cimeiro, estavamos já convictos de que era realmente possível! E foi...

E por muito que chorem que em Vila do Conde aconteceu um roubo, e em Braga mais um atentado à verdade desportiva, o Benfica não ganhou aí o campeonato, o Benfica ganhou quando houve alguém que acreditou que com trabalho, humildade e jogo a jogo, tudo era possível, enquanto outros descansaram à sombra de 7 pontos! Na segunda volta só não ganhamos ao Belenenses SAD, todos os outros cairam! Marcamos mais de 100 golos na época, demos a maior goleada, tivemos o melhor marcador e ganhamos a todos os nossos rivais diretos em suas casas! Caramba é dose! é mais do que merecido, porra!

Quando vejo as lagrimas de Jonas, André Almeida, Samaris e o cair de joelhos de Ferro sei que eles também não acreditavam até alguém lhes dizer que era possível, que com eles tudo é possível!

Ontem, uma amiga, dizia-me "não sei como há tantos benfiquistas a norte" e eu explicava-lhe o Benfica não é de Lisboa, o Benfica é do Mundo, assim tipo a Coca-Cola, em todo o lado há alguém que gosta e vibra!

Agora vamos de férias, começa a loucura do mercado e aponta-se baterias ao 38!

Ansiosa por perceber o que Lage consegue fazer com um campeonato inteirinho e como vamos atacar a Europa, porque sim, temos que atacar a Europa.

Sábado e durante 34 jornadas a bola rolou, umas vezes com mais velocidade, outras mais lentamente e às vezes pareceu mesmo que era quadrada, mas não a bola não é quadrada!!!

P.S. Uma saudação ao Rui Vitória pela sua quota parte neste título e pelo seu título nas Arábias.

 

 

29
Abr19

Até ao lavar dos cestos...

A Dona da Bola

E52FE8D6-CCF8-4E8D-881E-89495CE44982.jpeg

Já diz o ditado “até ao lavar dos cestos é vindima”! Este ditado tem diversas aplicações, em várias áreas, mas todas elas têm o mesmo significado, as coisas só acabam no final! Festejos antecipados normalmente trazem maus resultados! Sábado depois da escorregadela do nosso rival mais direto, houve quem pensasse que a coisa estava resolvida ( até mesmo adeptos desse clube assim concluíram). Mas tínhamos ainda um jogo difícil para que uma pequena vantagem fosse uma realidade! 

A entrada em campo foi das piores que já vi na era Lage, nervosos, bem marcados e sem espaço para respirar, oferecemos ao adversário, a iniciativa, a bola, o campo e só não jogamos por  eles porque porque....não foi surpresa o golo sofrido, foi a consequência lógica do que se passava em campo! Completamente manietados esperávamos ansiosamente pelo intervalo para que uma lavagem cerebral pudesse ser feita.

Nao só foi feita a lavagem cerebral como também foi feita a “lavagem” tática. O onze era o mesmo mas o posicionamento e principalmente a atitute eram diferentes! Trata-se do campeonato, caramba, o 37, não é para todos!!! Subindo as linhas, foi possível o Florentino já não atropelar o Samaris, e fazer o que sabe, o Pizzi passou a ter tempo para pensar, e o Rafa e o Félix já tinham espaço para correr, fazer diagonais para dentro e soltar o Seferovic! Percebeu-se que a cambalhota podia ser possível! era só ter paciência! Em 11 minutos a história mudou, recarregados com uma energia que andou desaparecida na primeira parte, chegamos aos 1-3 que nos deixou com 20 minutos para gerir o resultado. O Braga tentou reagir, o que só deixou espaço para contra-ataques venenosos, e não fosse o desacerto do 14 conjugado com belas defesas do Tiago Sá e a coisa teria sido mais pesada! Acabou com o slalom do Rafa e num golo estrondoso que há muito ele merecia!

Que o jogo de ontem sirva de exemplo para as três finais que se seguem, nada está garantido, e sem a atitude e a determinação os resultados não aparecem! 

3, só faltam 3, 3 finais, certamente difíceis, mas que com o apoio de todos  serão 3 finais vencidas que nos conduzirão a todos ao Marquês para os festejos que merecemos!!

Ontem, na pedreira, a bola rolou, que a bola não é nem de pedra nem quadrada!!!

23
Abr19

PONTUALIDADE BRITANICA

A Dona da Bola

Pontualidade Britanica.jpg

Existem em Londres cerca de 400 relógios públicos espalhados pela cidade. Antigos, modernos, solares ou eletrónicos, todos apresentam a mesma hora, pelo que um Londrino nunca se perde nas horas ou chega atrasado.O líder de todos os demais relógios ainda bate na parede do Observatório Real de Greenwich, na região sul de Londres. É com base nele que atualmente todos os demais países acertam os fusos-horários. O tempo médio de Greenwich, conhecido pela sigla inglesa GMT, garante que o mundo jamais perca a hora.

Ora, os adeptos do SLB, deveriam ter isto em consideração sempre que há jogo do glorioso. Um atraso na entrada pode significar a perda do voo da águia, o hino e o primeiro golo! Já uma saída antecipada pode implicar o não festejo de dois golos! Assim, caros benfiquistas, há que chegar ao estádio pelo menos 10 minutos antes do jogo começar e sair 10 minutos depois do jogo acabar, garantindo-se assim todas as alegrias que um jogo pode oferecer.

Quem tem o sindrome da pontualidade é o Florentino, nunca chega atrasado a um lance, antecipa-se como ninguém e lê o jogo adversário como se da outra equipa fizesse parte! Caramba, não consigo deixar de me espantar com a categoria deste menino! Para mim o MVP de ontem vai para ele, estava em todo lado, um verdadeiro polvo encarnado (o outro é que tinha razão!!!).

Depois de uma primeira parte morninha, só agitada pelo golo logo aos 3 minutos, num lance estudado (atenção, que depois de ser proíbido assinalar penalties a favor do SLB, qualquer dia sai a proibição de se marcar cantos também!!!) fomos para intervalo a pensar que a coisa ia ficar complicada se se mantivesse a toada da 1ª parte! Mas os meninos do Lage, entraram para a 2ª parte com outras intenções e essencialmente com outra atitude! Assim, em 45´ marcaram-se mais 5 golos, de todos os géneros e feitios e para todos os gostos! O Félix, lá marcou os seus golos da praxe e assistiu para mais um! O Pizzi, que pensavamos, estar adormecido, lá acordou para marcar um golo, e fazer a equipa jogar qual roleta de casino. O Seferovic não fez o gosto ao pé ou à cabeça, não por falta de oportunidades, mas porque não foi dia para ele! Sei que se está a guardar para Domingo! Não obstante o jogo não lhe estar a correr pelo melhor, nunca desistiu e lutou até ao apito final!

Mas nem tudo foi bom, ontem! Fiquei com a certeza que o Cervi e o Sálvio não gostam do Lage. Se não vejamos, o Rafa ontem não podia jogar, Lage aposta em Cervi, jogador que tem sido preterido e que portanto estaria um pouco triste e desiludido com o treinador! E que faz ele? Um jogaço, cheio de raça e determinação, premiado com 2 golos! Oh homem, assim só dificultas a vida ao Lage, não podes gostar dele!!! Depois temos o Sálvio, vindo de uma longa paragem devido a lesão, é lançado a 15 minutos do fim, e que faz ele com 15 minutos para jogar? Uma jogada em que oferece o golo a Seferovic, e depois um golo de cabeça! Caramba, também não gostas do Lage, assim fica difícil! Ah, está explicada a razão de um plantel ter mais de 20 jogadores!!! Se todos responderem assim em campo, a vida do Lage é muito complicada.

Uma nota para o festejo do 4º golo, o jovem de 18 anos de nome Jonas, festeja com o Mister como se fosse o primeiro golo da partida, tal a efusão!!! é este o espiríto que se vive!!

Porque o resultado não tem qualquer contestação possível, tenho que fazer umas pequenas notas sobre o homem do apito. Faltas e faltinhas, não deixou passar nenhuma, mas entradas assassinas, passaram despercebidas ao que ao nível da disciplina diz respeito. Um árbitro não pode ser avaliado só pelos lances mais complicados, para mim ontem não esteve à altura do jogo.

E pronto mais uma batalha vencida, numa luta de 11 contra 11 (não foi preciso expulsar ninguém aos 5 minutos), o SLB foi superior em todos os parametros do jogo (deve ser lixado, para não dizer outra coisa, quando tens tudo combinado para dificultar o jogo ao SLB, e este marca logo um golo aos 3´!!! e mais dificil quando até qualquer caída na área do SLB, daria penalty e os jogadores adversários nem do meio campo passam, assim fica difícil a 3ª equipa ajudar!!!). Ah, lembrei-me agora, o Ody jogou??? Nem dei por ele....

Ontem, na Catedral, debaixo de uma chuvinha chata, fomos premiados por uma tempestade de bola, e a bola rolou, porque a bola não é quadrada!!!

15
Abr19

RAFÉLIX

A Dona da Bola

RAFELIX_page-0001.jpg

"No ano 50 antes de Cristo, toda a Gália, foi ocupada pelos romanos....Toda?Não!Uma aldeia povoada por irredutíveis gauleses ainda resiste ao invasor. E a vida não é nada fácil para as guarnições de legionários romanos nos campos fortificados de Babaorum, Aquarium, Laudanum e Petibonum....". Este é o prólogo do enredo do Astérix.

Nesta Gália que é o futebol português, ontem descobrimos o Astérix, ou melhor, o Rafélix. Tal como o Astérix, também este é pequeno em estatura mas enorme em combatividade. Também como nas histórias do Astérix, o Rafélix é ajudado pelo seu grupo de amigos, que juntos lutam contra os legionários do futebol português em busca do troféu maior - o campeonato! Também nesta nossa história, há uma poção mágica, feita pelo nosso druida Lageramix, que jogo após jogo, combina os melhores elementos para que a poção surta o seu efeito! 

Ontem, na nossa aldeia gaulesa (que não é nada pequena, ontem eramos só 56.500 pessoas) enfrentamos mais uma batalha, com vitória suada mas justa.

O Rafélix, não deixou os seus créditos por mãos alheias, e com dois golos e uma assistência, foi elevado a homem do jogo, merecido, muito merecido (sempre gostei do Rafa, e ele está a dar-me razão!!)

Também temos um Obélix - o Florentinix - enorme na sua posição e a destruir tudo aquilo que colocava em perigo a fortaleza do SLB. O que dizer daquela recuperação de bola que origina o 3º golo?!? Simplesmente soberba....

A juntar a estes tivemos também o Félix (que nem é preciso ajustar o nome) que com um golo e duas assistências, continua a provar a sua arte, para quem ainda tem dúvidas ou teima em minorizar a qualidade do menino só porque ele veste de vermelho,o Seferovix, que parece que não esteve presente na maior parte do jogo, mas que na hora H, molhou a sopa,  o Samarix, o Ferrix e o Vlachodimix, todos com nota positiva no jogo de ontem! Ah, e o Grimaldix que sempre que liga a mota (havia mota na aldeia do Astérix!!???) é um ver se te avias! E mesmo com um penalty desperdiçado (sim, porque o SLB não precisa de penaltis para ganhar jogos como alguns, mas já que por milagre ele é marcado, não se pode desperdiçar, não é Pizzix!?!?), o jogo nunca fugiu do controlo, apesar de alguma tremideira após o 2-1.

Como no Astérix, os inimigos do Benfica, ontem também tentaram dificultar a vida aos nossos guerreiros. Para além do Setúbal, que ontem estava com uma garra capaz de comer a relva (ou a nossa Liga está espetacularmente competitiva ou então não se entendem algumas classificações!!!!) tivemos em RC o nosso Júlio César, sempre pronto para nos derrubar quando estavamos no auge da nossa exibição. Mas espera, o homem marcou um penalty a favor do SLB, depois de, imagine-se, ir consultar o VAR....olha milagre, e não é que afinal mão de um defesa dentro da área é penalty!!! (ó malta do apito vocês tem que se coordenar, umas vezes é outras não, o pessoal fica baralhado!!!), mas depois de tomar consciencia deste ato, altamente beneficiador do SLB, o homem voltou a sua verdadeira essência! Entre faltas e faltinhas, sempre a castigar o SLB, passando pelas bolas que não saem e são assinaladas fora versus as que saem e faz-se vista grossa, continuando pelo amarelo dado Rafélix por este sofrer um penalty (2 penaltis a favor do SLB no mesmo jogo?!? está nas regras que não pode ser....), acabando no penalty a favor do Setúbal vá se lá saber porquê! E se dúvidas houvesse sobre o nível deste árbitro, elas dissiparam-se quando este decide ver primeiro o lance no VAR e só depois deixar a equipa médica assistir o jogador do Setúbal que estava caído no relvado, após suposta falta para penalty! Então e se não marcasse o penalty, não deixava o médico assistir o jogador???

Só faltam 5, 5 finais, 5 mata-mata, 5 batalhas....

Ontem, na nossa enorme aldeia gaulesa, a bola rolou, mais uma vez, contra tudo e contra todos porque a bola não é quadrada!!!

 

12
Abr19

PENA(S)

A Dona da Bola

 

PENA(S)_page-0001 (2).jpg

Ontem foi noite europeia na Catedral. Quartos de final da Liga Europa contra a equipa sensação da Bundesliga e com um percurso na prova europeia imaculado. Tais atributos faziam vislumbrar uma noite difícil e em que todos os sentidos teriam que estar em alerta máximo.

O início do jogo isso provou, uma equipa alemã pressionante logo na saída do meio campo do Benfica, a recuperar bolas e a lançar-se rapidamente em direção à baliza do SLB, colocaram os jogadores e os adeptos em alerta máximo!Eles não vinham para brincar! Restou-nos, neste início de jogo, utilizar uma das nossas melhoras armas, o contra ataque, e foi num desses lances venenosos que o jogo mudou....um penalty e uma expulsão, abriam a possibilidade de podermos controlar o jogo e construir um resultado que permitisse uma viagem até Frankfurt mais descansada.

O menino, não se encolheu, tomou nos seus ombros e nos seus pés a responsabilidade de converter a penalidade e assim lançar o SLB para um jogo épico....não desiludiu! Não só marcou a penalidade como nos brindou ainda com mais dois golos e uma assistência para outro ( e não fosse a defesa do guarda redes alemão ainda teria feito nova assistência para golo!!). Ah, grande Super Wing!! Se nestes momentos não o podemos por num pedestal pois corremos o risco de que ele se ofusque, também não podemos cruxificá-lo quando o jogo não é tão vistoso! (jogar à bola não é só marcar golos!). O menino tem futebol na alma!

Para mim o jogo de ontem foi um misto de sensações, a sensação de pena - pena pelo falhanço do golo do Cervi; pena pelo falhanço do Fejsa; pena pelo falhanço do Jardel; pena pelo penalty não assinalado sobre o Cervi (será que há alguma regra que impeça a marcação de duas penalidades no mesmo jogo para o SLB!!!); pena pelo golo desperdiçado pelo Seferovic, pena pelo resultado não ser de 4-1 ou 5-2, muito mais tranquilizador - a sensação de deleite - deleite pelos golos do Félix; deleite pelas assistências do Félix; deleite pela exibição do Samaris; deleite pelo poder supersónico do Grimaldo; deleite pela autoridade do Rúben Dias; deleite pelos golos de jogadores portugueses (até o de Paciência) e deleite pelos 4 golos nuns quartos de final da Liga Europa.

Neste misto de sensações não sei se fique satisfeita ou preocupada, para a semana na Alemanha, serão 11 contra 11, e o E.Frankfurt tem argumentos suficientes para nos tornar a noite bastante sofrida. Não esqueçamos o Jogo da Taça de Portugal e tiremos dele as ilações necessárias para que na Liga Europa o resultado seja outro.

Limpemos as chuteiras e descansemos, só por hoje, o corpo, que Domingo temos mais uma batalha, das 6 que faltam para o fim da Guerra. Domingo lá estaremos, novamente, 50.000 pessoas a gritas a uma só voz, NÓS SÓ QUEREMOS O BENFICA CAMPEÃO!

Ontem, na Catedral, a bola rolou, rolou e rolou, porque a bola não é quadrada!

 

 

08
Abr19

A NOVA FOGAÇA

A Dona da Bola

A NOVA FOGAÇA_page-0001 (2).jpg

Reza a história que há mais de 500 anos, aquando da Peste Negra, as gentes da Feira, pediram a S. Sebastião proteção à saúde oferecendo em troca uma fogaça, pão doce feito na localidade. São Sebastião, devia ser guloso, porque atendeu aos pedidos do povo e libertou as gentes da Feira da Peste. Após uns anos de incumprimento da promessa o que fez com que novas catástrofes se abatessem sobre a Feira, levando a vida a mais alguns, o povo decidiu manter a promessa de pé, e há 513 anos consecutivos que a 20 de janeiro de cada ano levam as fogaças a S. Sebastião. E ele cumpridor da sua palavra tem protegido a saúde das gentes da Feira.

Ontem no Marcolino de Castro defrontaram-se o primeiro e último classificado da Liga Portuguesa. pela classificação poderia pensar-se que seria um passeio na Feira, mas não foi. O Feirense entrou personalizado e aos 10 minutos, num centro magistral e que apanhou a dormir o Vlachodimos e o André Almeida, colocou-se à frente no marcador. Ainda antes da resposta que se impunha por parte do SLB, e mais uma vez, num cruzamento do lado direito a bola volta a entrar na baliza do Benfica. O lance é invalidado mas o aviso fica dado.

O Benfica acordou, lembrando-se que há um campeonato para ganhar, e tal só será possível se vencer todos os jogos que faltam. E assim, não estranhamos o golo do empate, mas espera, marcado de penalty, tem a certeza, penalty???? Bem toca a aproveitar que isto de marcar penalty a favor do SLB é coisa rara! Aproveitamos este, e aproveitamos o resto, o cruzamento que dá em golo (mas é invalidado) e o canto que origina o 2º golo, tudo antes do intervalo! Não, não podemos ainda descansar que isto de vantagens de um golo só são perigosas. Mas quem tem Seferovic tem tudo, e assim em jeito de pedido de desculpas pelo golo falhado em Alvalade, presenteia-nos com um chapéu de nos fazer saltar das cadeiras! E ainda não convencido de estar perdoado, marca mais um golo, agora de cabeça que é sempre bonito de se ver. 

Ouvi nos últimos dias muitas críticas a tudo e a todos do Benfica (isto quando não se ganha faz destas coisas!), que o treinador afinal já não percebe nada da coisa, que o Félix era só fogo de vista, que o Pizzi voltou aos tempos do Vitória, que Seferovic afinal não é assim tão matador e que a defesa do SLB é um barco a afundar....mas ontem vi um Félix que jogou e fez jogar, um Pizzi comandante, um Seferovic com um faro apuradíssimo para o golo e um Dias&Ferro personalizados. Assisti a mais um pouco do que pode ser Taarabt e a um Florentino que continua a provar o seu dom. E assisti a uma reviravolta, que mesmo sendo contra o último classificado, é sempre uma dose extra de motivação. Os 6 jogos que faltam, serão cada vez mais difíceis, a ansiedade vai aparecer e teremos que ser nós, os adeptos a empurrar a equipa, para a vitória, para o 37, para o Marquês.

Voltando a S. Sebastião, este só olha pela saúde das pessoas, para saúde dos clubes da terra é necessário uma nova promessa, uma promessa que ressuscite e levante mortos, que isto de estar há 26 jogos sem ganhar é dose, e provavelmente a fogaça tradicional já não chega, terá de ser reinventada ou modernizada, assim por exemplo, com um toque de chocolate.....mas chocolate suiço!

Ontem, lá para os lados da Feira, a bola rolou, porque a bola não é quadrada!!!

 

04
Abr19

Lagartixas ao Sol!!!

A Dona da Bola

LAGARTIXAS AO SOL_page-0001 (2).jpg

Sempre que o sol aparece enchendo de luz e calor o planeta terra, as lagartixas, ávidas dessa luz, saem debaixo das suas pedras para usufruir dessa fonte de vitamina D. Este fenómeno natural é replicado noutras dimensões, por exemplo no futebol. A vitamina D de ontem à noite foi a vitória sobre o SLB e a consequente passagem à final da Taça de Portugal. Hoje é vê-las a sairem debaixo das suas pedras...

A vitória foi justa! A equipa do Sporting foi a que mais quis vencer (e assim salvar uma época em que mais uma vez não serão campeões!). Não que fossem criadas muitas ocasiões de golo ou perigo, a maior parte do perigo criado pelo Sporting foram disparos de fora da área. Do outro lado, a equipa do SLB, não quis jogar-se para a frente, quis controlar o jogo, confiante de que o 2-1 chegaria. Mesmo assim, os lances mais flagrantes de golo foram do SLB, desperdiçados e portanto com o castigo merecido., quem não mata arrisca-se a morrer!

Não vou, como já vi muitos benfiquistas fazer, criticar as escolhas do Lage (o Vlachodimos defendia o remate do Bruno, dizem alguns, não acredito, sinceramente!), mas a eliminatória foi perdida em casa, mais uma vez com um golo de BF. Com o 2-0 em casa dificilmente o Sporting virava a elimatória. Estamos numa fase da época em que é preciso não esquecer qual o foco principal, para o SLB é o campeonato. Ontem era preciso fazer o equilibrio entre gestão de plantel e passar a eliminatória, e penso que foi bem feita. Pena a lesão do Gabriel, veremos se não vamos pagar caro!

No Jamor, lá para os fins de Maio, encontrar-se-ão as comadres, sempre quero ver como vão resolver isso, já que não podem ganhar os dois! Como alguém disse, "Final da Taça, Porto Sporting, contra quem???".

Quanto ao SLB, continuaremos o nosso caminho, domingo estaremos na Feira, devidamente apoiados pela onda vermelha, mas sempre cientes que não é só contra o Feirense que jogamos, é contra todos, o que torna as nossas vitórias ainda mais saborosas!!

A Nota Final, vai para o Jonas, que provocado por algumas lagartixas, revigoradas pela dose de energia que conseguiram (ganhar ao SLB é a vitamina D para alguns, este ano em 4 jogos conseguiram ganhar 1, nada mau!), respondeu como um verdadeiro benfiquista, sem necessidade de recorrer ao palavrão e à má educação, disse o necessário, que ficaria por cá para continuar a ganhar!! (não é preciso mandar ninguém abaixo de Braga ou ofender a mãe para se dar uma resposta à altura).

Ontem em Alvalade, a bola rolou, para ao lado errado, mas rolou, porque a bola não é quadrada!

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D