Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Bola não é Quadrada!!

A Bola não é Quadrada!!

07
Fev19

Super Wings, oh, oh!!!

A Dona da Bola

SUPER WINGS.jpg

Quem tem filhos pequenos com certeza que já teve de ver e rever episódios do Super Wings. Um pequeno avião que entrega encomendas em qualquer parte do mundo. Por si só, estes desenhos animados não teriam qualquer graça, mas aquando de uma entrega, o pequeno Jett (assim se chama a estrela desta série) depara-se sempre com um obstáculo, que sozinho não consegue ultrapassar. No entanto por mais difícil que seja a dificuldade, o pequeno Jett arranja sempre maneira de o resolver. Liga ao posto de comando que num ápice lhe envia o resto da equipa e juntos conseguem resolver todo e qualquer problema. Assim foi explicado pelo posto de comando o recente sucesso do SLB! E toda a gente entendeu....até o Marcel!

Ontem, o Leão, ferido no orgulho, percebeu o que o Bruno lhe explicou, lambeu as suas feridas e apresentou-se na Catedral com um novo vigor, uma nova forma de estar e encarar o jogo. Correu melhor, não o suficiente para ganhar, mas melhor que há 3 dias quando foi trucidado!

Os jogadores do SLB também não se iludiram com o jogo de domingo, sabiam que ontem seria diferente, até porque não há dois jogos iguais. As suas principais figuras foram mais apertadas, marcadas de forma mais agressiva (mas sem necessidade de nenhum pisão, como alguém sugeriu, shame on you, sr. Andrade!!!), com pouco espaço para respirar ou pensar. Neste tipo de jogo, as oportunidades que surgem devem ser aproveitadas dada a sua raridade, e se na primeira o Seferovic não aproveitou, com mérito para Renan, à segunda Gabriel não se fez de rogado e fuzilou a baliza deixando o pobre Renan prostrado na sua área. Cedo declarou a águia que apesar de o jogo não ser o mesmo, o resultado teria que o ser.

O nosso pequeno Jett ontem, teve muitas mais dificuldades, mas outra coisa não seria de esperar. Hoje já todos sabem do que é capaz, pelo que ele terá que aprender a libertar-se de toda esta nova atenção que os adversários lhe prestam. Mas para isso, estão cá também o Donnie, o Jerome, o Sammy, o Ron, o Paul, o resto da equipa para o ajudar. Houve muito mais batalha a meio campo, mais intensidade, mais trabalho. Lá à frente sem tanto espaço o jogo foi mais de movimentação sem bola, sempre na tentativa de encontrar uma nesga que pudesse significar um ataque mais perigoso! Não foi fácil!

O jogo foi menos vertiginoso, menos estonteante, menos elástico, enfim menos bonito! Mas era apenas a 1ª mão de uma eliminatória que só se decidirá em Abril e não podia nenhuma das duas equipas queimar as suas possibilidades logo no 1º jogo.

O Leão conseguiu ainda marcar um golo, importante, não só porque deixa a eliminatória em aberto mas também porque em termos anímicos é vital! 

Este golo surge já no fim do jogo quando se nota que os jogadores do SLB estão fatigados, o peso das últimas semanas de jogos ficou latente na falta cometida sobre o Bruno Fernandes, já não recuperavam com tanta facilidade, chegavam tarde aos lances e na impossibilidade de cortar a bola há que fazer a falta. E desenganou-se quem pensava ser muito longe para ser direto à baliza, para o BF não há distância impeditiva da tentavia direta. E assim, foi, e que golo foi, marcado pelo melhor jogador do Sporting, na minha opinião.

Não acho que o resultado tenha sido justo, a vitória sim, mas os números são enganadores. Não foi o atropelo de domingo, mas foi o suficiente para a diferença ser de 2 golos. Em Abril, voltaremos à selva para defender a nossa presença no Jamor !

Ontem a bola rolou (mais devagar é certo, mas rolou) porque a bola não é quadrada!!!!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D